Os problemas para a emissão das carteirinhas dos pescadores podem finalmente ser resolvidos. Nesta semana o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Pesca de Santa Catarina (Sitrapesca) Henrique Pereira, oficializou a oferta do sindicato para prestar este serviço em sua sede, na cidade de Itajaí. O documento que oficializou a oferta foi entregue ao Secretário Nacional da Pesca, Dayvison Franklin de Souza, durante as reuniões que aconteceram na sede do sindicato patronal (Sindipi). “A parceria ainda não foi oficializada, mas ele nos deu boas expectativas”, afirma Henrique Pereira. 

 

O problema com as emissões das carteirinhas começou em junho do ano passado quando o escritório do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA) deixou de atender os pescadores de Itajaí e região. Na época a pasta passou a ser gerida pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. Atualmente a pesca é gerida pelo gabinete da presidência da república. Ainda assim, o setor segue sem a solução dos problemas básicos, como a emissão dos registros. O documento é obrigatório aos profissionais que trabalham embarcados.

 

Para resolver esse impasse, a direção do Sitrapesca ofereceu à Secretaria da Pesca um espaço com internet para abrigar servidores públicos que atendam os cerca de 12 mil profissionais do setor. “Os pescadores estão familiarizados com o sindicato, entendemos que essa oferta é uma forma de contribuir efetivamente para resolução do problema”, afirma Henrique. Apesar da sinalização positiva do secretário nacional da pesca, a parceria ainda não foi oficializada.